ONU
Home / Notícias gerais / Guterres agradece a Angola apoio decisivo na sua escolha para secretário-geral da ONU

Guterres agradece a Angola apoio decisivo na sua escolha para secretário-geral da ONU

O futuro secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, transmitiu a Angola o seu “profundo reconhecimento pela solidariedade” que deu à sua candidatura, que considerou ter sido “decisiva”.

O futuro secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, transmitiu esta segunda-feira a Angola o seu “profundo reconhecimento pela solidariedade” que deu à sua candidatura, que considerou ter sido “decisiva” para a sua escolha na ONU.

Na sua intervenção na sessão solene de abertura da XI conferência de chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), em Brasília, Guterres deixou uma “palavra de especial agradecimento ao país-membro que no Conselho de Segurança das Nações Unidas pôde ser um pilar essencial” da sua candidatura.

Peço ao senhor vice-presidente de Angola que transmita ao Presidente José Eduardo dos Santos o meu profundo reconhecimento pela solidariedade que Angola sempre testemunhou e que foi, eu diria, decisiva em relação à minha eleição”, sublinhou, dirigindo-se a Manuel Vicente, que representa na cimeira as autoridades angolanas.
O secretário-geral designado agradeceu também aos governos e aos povos da CPLP “a enorme solidariedade” que disse sentir na sua candidatura a secretário-geral das Nações Unidas.

Todos os países da CPLP participaram nesse momento, inesquecível para mim, em que a Assembleia-Geral decidiu, por aclamação, a minha eleição”, recordou.
António Guterres defendeu ainda que a CPLP pode desempenhar “um enorme papel de união na vida internacional”.

As Nações Unidas contam com a CPLP para que esse papel possa ser exercido com grande empenhamento e com grande eficácia”, declarou António Guterres.

Fonte: O Observador

Veja também

cidadania

Declaração final prevê “progressiva construção de uma cidadania da CPLP”

A declaração final da XI Cimeira da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) prevê …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *